O Uso de Dados do Sistema de Bilhetagem Eletrônica no Planejamento Operacional de Grades Horárias

O conhecimento da variação da demanda de passageiros ao longo do tempo é uma importante informação no processo de planejamento das estratégias operacionais. Dessa forma, é possível realizar a adequada oferta de transportes, de modo a proporcionar um atendimento eficiente e de qualidade aos usuários.

Conforme descrito por Ferraz e Torres (2004), no planejamento da operação (definição das estratégias operacionais, da frota de veículos e dos horários em cada linha), é necessário conhecer a variação horária da demanda ao longo do dia em todos os trechos para poder identificar em cada período o segmento de maior carregamento: a seção crítica. Uma forma de obtenção destes dados são as pesquisas tradicionais de transportes. No entanto, este formato de levantamento possui significativo valor de investimento e complexo planejamento na execução.

Nesse sentido, os dados do Sistema de Bilhetagem Eletrônica (SBE) permitem a obtenção de dados operacionais para o estudo da movimentação de passageiros, possibilitando identificar os períodos e trechos mais carregados e avaliar a adequação do serviço ofertado com a demanda de maneira, relativamente, rápida, simples e de baixo custo. Outro aspecto importante da utilização de dados do SBE são o grande volume de dados disponíveis (Big Data) e atualização constante das informações, fornecendo material preciso e com representatividade estatística.

A Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre (TRENSURB) iniciou em 2009 o processo de implantação do sistema de bilhetagem eletrônica. Desde 2012, quando o processo foi consolidado, estão disponíveis relatórios com diversas informações operacionais. Recentemente, estas informações passaram a ser utilizadas na elaboração das grades horárias da empresa.

Historicamente, as grades horárias utilizadas na TRENSURB são para o período típico do ano entre março e dezembro (Grade Normal) e para o período onde ocorre significativa redução na demanda entre janeiro e fevereiro (Grade de Verão), divididas entre dias úteis, sábados e domingos/feriados.

A recente pandemia do coronavírus tem ocasionado mudanças na demanda de passageiros do transporte público. Neste período, a redução na demanda de passageiros da TRENSURB chegou a cerca de 80%. No entanto, este cenário tem se alterado constantemente, tendo em vista menores ou maiores restrições ao deslocamento determinadas pelos órgãos governamentais. 

Este contexto tem exigido uma frequente alteração no intervalo entre trens, de forma a buscar ajustar a oferta e demanda de passageiros com níveis adequados de taxa de ocupação para reduzir possibilidade de transmissão ao novo coronavírus. Nos dois primeiros meses da pandemia, já foram utilizadas pela empresa 13 grades horárias diferentes. Os gráficos elaborados a partir dos dados da bilhetagem eletrônica tem possibilitado auxiliar de forma precisa os ajustes realizados na frequência de trens, possibilitando a construção de uma nova metodologia de trabalho que relaciona a taxa de conforto com oferta e demanda.

Palestrantes

Cleber Correa

Chefe de Setor

Especialista em Eficiência Energética Aplicada aos Processos Produtivos e engenheiro eletricista formado pela UFSM. Chefe do Setor de Controle Operacional da TRENSURB.

Frank Alves Ferreira

Chefe de Setor

Mestre em Engenharia de Transportes pela USP e engenheiro civil formado pela FURG. Chefe do Setor de Planejamento e Projetos de Mobilidade Urbana da TRENSURB.

Patrocínio Diamante
Patrocínio Ouro
Patrocínio Prata
Patrocínio Individual
Parceiros
Apoio Institucional
Empresas Parceiras
Apoio de Mídia
Realização Logo AEAMESP
Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Metrô

Rua do Paraíso, 67 - 2 andar - São Paulo - SP - CEP 04103-000

(11) 3287-4565 - (11) 3284-0041 - www.aeamesp.org.br

eventos@aeamesp.org.br

Comercialização Logo Via Brasil Comunicação
Via Brasil Comunicação
Sobre os cookies em nosso site

Nós usamos cookies para compreender o que o visitante do evento precisa e melhorar sua experiência como usuário. Ao clicar em “Aceitar” você estará de acordo com o uso desses cookies. Saiba mais!