Acompanhamento da Lotação nos Trens e Plats do Metrô nos Horários de Pico - Contingência Covid-19

A pandemia da COVID-19 trouxe grandes impactos para a rotina da operação comercial do Metrô de São Paulo.
Além de atender a população mantendo a oferta do transporte público houve a necessidade de oferecer ao passageiro a condição de um distanciamento entre eles. Foi definida a meta de lotação de até 2 passageiros em pé/m².
Foram estudadas e implantadas várias estratégias operacionais visando atender esta meta, ao mesmo tempo que foi necessário conciliar com a redução do quadro de colaboradores devido aos afastamentos por idade e condições de grupo de risco.
Sempre havia a preocupação e necessidade em saber como o sistema metroviário estava se comportando: se as estratégias operacionais estavam apresentando os resultados esperados principalmente nos horários de picos da manhã e da tarde.
Surgiu a ideia dos próprios colaboradores, voluntariamente, registrarem fotos e vídeos dos locais enquanto se deslocavam das suas residências para o trabalho e vice versa. Desta forma não foi necessário alocar colaboradores especificamente para estas tarefas, uma vez que a diminuição do quadro também era um fator de dificuldade.
A quantidade de imagens aleatórias era volumosa e passamos a editar um vídeo reproduzindo uma amostragem delas. Eles eram editados com as imagens em sequência cronológica, com a informação da hora e local, além de abranger a maior variedade de locais registrados naquele turno.
O produto final apresentava uma amostragem de vários locais, distribuídos ao longo do tempo e de rápida visualização e identificação passando a ser mais uma ferramenta no auxílio para tomadas de decisões de estratégias operacionais. Ele também era divulgado para a Gerência de Operação, Diretoria e Presidência do Metrô que, desta forma, conseguia acompanhar o desempenho da operação comercial nos horários de pico.
A pandemia da COVID-19 trouxe vários problemas e dificuldades para a Cia mas também muitas oportunidades para mudanças e desenvolvimento de processos e ferramentas que foram necessárias para que pudéssemos continuar atendendo a população com a qualidade e eficiência que sempre buscamos.

Declaramos que o presente trabalho é inédito, não tendo sido publicado em livro, revistas especializadas ou na imprensa em geral.

Palestrante

Mario Kenji Nomura

Supervisor de Controle Administrativo

Mario Kenji Nomura, Engenheiro Elétrico. 
Supervisor de Controle Administrativo no Departamento de Operação Centralizada e Tráfego no Metrô de SP. 

Patrocínio Diamante
Patrocínio Ouro
Patrocínio Prata
Patrocínio Individual
Parceiros
Apoio Institucional
Empresas Parceiras
Apoio de Mídia
Realização Logo AEAMESP
Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Metrô

Rua do Paraíso, 67 - 2 andar - São Paulo - SP - CEP 04103-000

(11) 3287-4565 - (11) 3284-0041 - www.aeamesp.org.br

eventos@aeamesp.org.br

Comercialização Logo Via Brasil Comunicação
Via Brasil Comunicação
Sobre os cookies em nosso site

Nós usamos cookies para compreender o que o visitante do evento precisa e melhorar sua experiência como usuário. Ao clicar em “Aceitar” você estará de acordo com o uso desses cookies. Saiba mais!